O QUE VEM DEPOIS DO CAPITALISMO?

O ecossistema
da cooperativa global
para uma economia justa

Faircoop Beginner guide

O que realmente nos move

Uma transformação profunda e abrangente de todos os setores da sociedade, incluindo de seus valores e estruturas. A nova sociedade é autogerida, baseada na autonomia e na abolição de todas as formas de dominação: Estado, capitalismo, patriarcalismo e todas as coisas que afetam o relacionamento entre os seres humanos e as relações destes com o meio ambiente. São necessárias ações conscientes e estratégicas para decompor estruturas obsoletas e reviver valores e qualidades que permitem a todos viverem juntos. Acreditamos que um novo sistema econômico é o ponto de partida mais promissor para a mudança coletiva. Com ele, as pessoas finalmente encontram uma oportunidade de sair do círculo vicioso da escravidão capitalista e escapar de seus efeitos colaterais, podendo assim encontrar espaço para cultivar novas ideias e tornar possível a mudança para uma vida saudável e equilibrada com a natureza.

Para algumas pessoas, a desobediência significa contrariar certas leis ou demandas das estruturas dominantes. Por vezes, se a lei for considerada injusta, desobedecer é um dever civil. Para facilitar a compreensão, fazemos uma referência à diferença entre o que é lícito e o que é justo. Certas regras e leis podem até ser lícitas no papel, mas não podem ser consideradas justas, como é geralmente o caso de governos repressores, totalitários e fascistas. Isso também pode valer direta ou indiretamente para governos ocidentais, quando, por exemplo, usam os impostos arrecadados para financiar guerras 'lícitas' e agredir outros países e a sociedade civil.

Seguimos e apoiamos as diretrizes básicas das cooperativas, pois elas são determinadas por seus membros e baseadas na ajuda mútua, responsabilidade individual, igualdade, democracia e solidariedade. Todos podem participar ativamente e em pé de igualdade da tomada de decisões e da definição das politicas adotadas. O capital acumulado, adquirido principalmente através do crescimento da nossa moeda, a FairCoin, é reinvestido no desenvolvimento do ecossistema e em projetos relacionados à FairCoop. Dessa forma, participantes terão acesso a ferramentas que aumentam a capacitação individual e a uma rede de bens e serviços em constante crescimento, dentro de uma economia justa.

Um dos nossos objetivos é contar com modelos de organização descentralizada para a tomada de decisões e funções. Ao descentralizar nossa tecnologia, conseguimos prevenir um ponto central de fracasso, evitando assim que alguma autoridade consiga acabar com o nosso movimento. Queremos garantir que todos os participantes possam se comunicar, debater ideias, trabalhar em projetos e transferir recursos sem repressão ou censura. A distribuição de poder político e econômico, aliada à transparência radical, evita o abuso de funções com privilégios ou acessos exclusivos, o que por sua vez previne fraude, corrupção e a disputa pelo poder.

A modernidade capitalista depende do sistema do estado-nação, que por sua vez depende de uma mentalidade coletiva patriarcal e hierárquica, profundamente forjada ao longo de séculos de opressão do homem pelo homem. Pela primeira vez na história, devido a uma combinação de consciência política, enfraquecimento da economia capitalista e surgimento da tecnologia criptográfica p2p, podemos apresentar alternativas sérias e realistas aos modelos de governo atuais. Um sistema financeiro cooperativado global nos oferece mercados livres e justos, um enorme passo à frente. Se for combinado a um conjunto indissolúvel de valores éticos baseados na liberdade e nos protocolos democráticos de tomada de decisão, ele começa a se tornar uma realidade palpável. Se você acredita que a vida fora do Estado é possível, junte-se à FairCoop agora!

Nos governamos por consenso

Um mergulho na nossa metodologia

Assembleias abertas e consenso

A comunidade é quem decide sobre como alcançar nossos objetivos comuns em assembleias abertas. Todos podem participar e propor novos empreendimentos, sugerir mudanças ou apresentar projetos de trabalho. Quando uma proposta é aprovada por consenso, o respectivo proponente e os grupos de trabalho envolvidos tomarão as medidas. Organizamos assim tanto as reuniões globais online, quanto as reuniões presenciais nos Nodos Locais.

Auto-organização e distribuição dos recursos

O ecossistema da FairCoop organiza-se mediante a cooperação aberta. Todo mundo é encorajado a participar com as próprias habilidades, ideias e ter iniciativa para assumir responsabilidades, ajudando assim o movimento a crescer. Com base em nossa inovadora ferramenta de trabalho colaborativo, os participantes podem registrar o tempo dedicado ao projeto como voluntariado ou solicitar uma remuneração em FairCoin para atender a suas necessidades pessoais. Desta forma, recompensamos as pessoas cujo trabalho proporciona um valor concreto à FairCoop, ao mesmo tempo que fazemos a distribuição dos recursos de forma justa e descentralizada.

Um mergulho na nossa metodologia

Usamos a

FairCoin

Como uma moeda digital ética, a FairCoin é impulsionada pelos valores do ecossistema da FairCoop e apoiada por um movimento colaborativo global de rápido crescimento. Como qualquer outra criptomoeda, ela é descentralizada. Ao mesmo tempo, porém, a FairCoin implementa inovações radicais que a tornam única em termos de operação ecológica, crescimento estável de valor, comércio ético, poupanças e oportunidades de financiamento. Seu desenvolvimento continua com o objetivo de criar um sistema econômico justo para o planeta. Leia mais sobre a FairCoin

para criar uma

economia circular

Estamos construindo uma economia real e produtiva em torno da FairCoin, com a criação de um modelo circular para o uso de produtos e serviços, tanto a nível local como a nível global. Cada vez mais comerciantes, lojistas e produtores em todo o mundo confiam na FairCoin como meio de troca, aproveitando seu valor estável e as várias ferramentas abertas e gratuitas projetadas para apoiar a moeda.

Fairmarket FairCoin Mapa Mundial

# Nodos Locais

Além da visão global, vários nodos locais estão sendo adicionados à rede da FairCoop em todo o mundo, a fim de conectar iniciativas, grupos e pessoas ao ecossistema. Esta relação bidirecional apoia e realiza os objetivos da FairCoop nas comunidades locais, ao mesmo tempo em que oferece um retorno importante. É uma rede de ajuda mútua, construída para expandir nosso sistema econômico a nível global, através da conquista da confiança local e do apoio à atividade econômica real.

Veja a rede que não para de crescer
How to create a local node

# Alguns dos marcos que já conquistamos

  • Criamos e usamos uma moeda inovadora, segura e ecológica: a FairCoin
  • Começamos uma rede global cada vez maior de nodos locais
  • Criamos a estrutura para uma cooperativa europeia: Freedom Coop
  • Cofundamos uma cooperativa bancária: Bank of the Commons
  • Criamos um mercado online – Fair Market – e uma plataforma de trabalho colaborativa – OCP
  • Não nos matamos uns aos outros (ainda) ;)